quinta-feira, 28 de abril de 2011

Morpheus

E que Morpheus estenda seu manto,
E que seu sono seja leve e sereno.
E que seus sonhos
Sejam irradiantes
E repletos de vida
Como seu sorriso.
E que seu amanhecer
Seja límpido
E que tenha o brilho
Que vejo em seus olhos.


 Vitor Hilário


3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. adorei..muito talentoso vc joão parabéns

    ResponderExcluir
  3. Obrigdo Neto! Fico feliz que tenha gostado dos meus poemas...
    Abraçooo

    ResponderExcluir